Brasil

Bolsonaro vai depor presencialmente no inquérito que investiga suposta interferência política na PF

Sérgio Moro acusou o presidente de tentar interferir politicamente na Polícia Federal

Por Redação Tupi

Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro pretende depor presencialmente no inquérito que apura supostas interferências políticas na Polícia Federal. Antes, ele só se manifestava por escrito. A mudança de posicionamento de Bolsonaro foi informada ao Supremo Tribunal Federal e anunciada em plenário pelo relator do caso, o ministro Alexandre de Moraes, nesta quarta-feira (6).

O STF adiou novamente o julgamento que definiria se o presidente poderia, ou não, prestar depoimento por escrito. Bolsonaro será ouvido no inquérito aberto a partir de denúncias feitas por Sérgio Moro, em 2019. O ex-ministro da Justiça acusou o presidente de tentar interferir politicamente na Polícia Federal, solicitando relatórios de inteligência e pedindo trocas no comando da corporação.

A análise sobre o formato do depoimento de Bolsonaro  começou, em outubro do ano passado, com o voto do então relator, ministro Celso de Mello, que defendeu o depoimento presencial.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »