Sentinelas da Tupi

Bolsonaro veta norma que proibia minissaia, regata e chinelo no Planalto

Projeto que seguirá em vigor proíbe o uso de bonés, chapéus ou similares que dificultem a identificação da pessoa

Por Redação Tupi

Uma regra que proibia o uso de minissaia, regatas e chinelos no Palácio do Planalto foi suspensa na noite desta sexta-feira após reprovação do presidente Jair Bolsonaro. A nova norma de conduta e vestimenta para servidores e visitantes na sede do governo foi assinada na tarde de quinta e estava pronta para ser publicada pela Secretaria de Administração da Presidência, subordinada à Secretaria-Geral.

O texto, segundo assessores do Executivo, não especificava, por exemplo, qual o tamanho permitido para os trajes femininos. Neste caso, caberia aos seguranças de modo subjetivo avaliar o que seria permitido ou não na roupa das mulheres. O projeto, que agora seguirá em vigor, proíbe o uso de bonés, chapéus ou similares que dificultem a identificação da pessoa. A norma também autoriza o Cerimonial da Presidência da República a definir dias com uso de “traje protocolar” nos acessos ao Planalto e à Vice-Presidência da República.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
14 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »