Conecte-se conosco

Últimas Notícias

Cantora RAVILLA se torna uma das maiores referências para o público LGBTQIA+

Nascida e criada em Florianópolis, ela sempre foi apaixonada pelo universo artístico

Publicado

em

Cantora RAVILLA se torna uma das maiores referências para o público LGBTQIA+
Cantora RAVILLA se torna uma das maiores referências para o público LGBTQIA+

Ravilla (23), sempre foi apaixonada pelo universo artístico. A cantora e artista nascida e criada no interior de Florianópolis, Santa Catarina, desde muito jovem já enfrentava preconceito e homofobia dos colegas de sua escola. Mas se engana quem pensa que por algum momento a artista pensou em desistir da sua carreira. Antes mesmo de dar vida a Drag Queen Ravilla, João Vitor sabia onde queria chegar e a quem queria inspirar, “Pelo meu jeito afeminado, era muito comum ouvir comentários homofóbicos e maldosos. Mas a arte sempre me encantou e eu não podia deixar nada e nem ninguém me calar. Muitas pessoas como eu precisavam ouvir o que eu tinha para contar” completa a cantora.

O nome artístico “Ravilla” carrega consigo muito mais que um nome para ser chamado e a artista explica isso: “Eu queria um nome diferente, único. Queria um nome que causasse uma certa curiosidade nas pessoas. Ravilla é um nome forte e carrega consigo um significado que vem de encontro com tudo aquilo que eu luto”.

Em 2019, o primeiro lançamento musical fez com que a cantora alcançasse o público em que ela se conectava, foi através da faixa “Deixar Maluco” que Ravilla viu as portas começaram a se abrir. Já em 2020 ela se uniu a Inês Brasil, e juntas, lançaram a aposta do carnaval “Que Calor”, música que até hoje toca nas principais baladas LBTQIA+ e plataformas de streams.

Aos 23 anos a catarinense já é destaque em sua carreira nacional, compartilhando diariamente sua rotina através de suas redes sociais “Eu sei que posso inspirar centenas de pessoas, assim como eu sofri, muitos como eu precisam ter alguém ali por eles. Essa conexão que tenho com meu público é indescritível, todos os dias recebo mensagens dos meus seguidores e amo isso”. Durante a pandemia, Ravilla usou suas redes sociais para realizar entrevistas com diversas pessoas, entre elas o Padre Júlio Lancellotti, que em um papo leve, esbanjou acolhimento, respeito e muito amor para a comunidade. Já no último domingo (11), foi destaque na 15º Parada do Orgulho LGBT ocorrida em Florianópolis.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *