Conecte-se conosco

Últimas Notícias

Catador do caso de Guadalupe é enterrado nesta sexta-feira

Luciano Macedo foi baleado enquanto tentava ajudar uma família que teve o carro fuzilado, por mais de 80 tiros, disparados por militares do Exército, em Guadalupe, Zona Norte do Rio

Publicado

em

(Foto: Reprodução)

Está sendo sepultado na tarde desta sexta-feira, o corpo do catador Luciano Macedo, baleado enquanto tentava ajudar uma família que teve o carro fuzilado, por mais de 80 tiros, disparados por militares do Exército, em Guadalupe, Zona Norte do Rio. Na ocasião, o músico Evaldo dos Santos Rosa, que estava no veiculo, não resistiu aos disparos e faleceu.

O enterro do catador está sendo realizado desde 14h, no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju, Zona Portuária do Rio. Luciano estava internado desde o dia 7 de abril, no Hospital estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, e morreu na madrugada da última quinta-feira.
Na quarta-feira, a Justiça ordenou que Luciano fosse transferido para o Hospital Moacyr Carmo, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, que tinha melhor infraestrutura, porém, a transferência não foi realizada. A Secretaria Estadual de Saúde, no entanto, informou que a transferência não foi possível devido ao estado de saúde da vítima, que era considerado gravíssimo.
Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.