Conecte-se conosco

Destaques

Corpo de bebê que morreu ao se engasgar com pedaço de maçã é exumado para realização de perícia

Maria Thereza Vitorino Ribeiro ficou dois dias internada em um hospital de Petrópolis e morreu no último domingo (22)

Publicado

em

Maria Thereza, de 1 ano e 3 meses de idade, morreu depois de se engasgar com um pedaço de maçã
Maria Thereza, de 1 ano e 3 meses de idade, morreu depois de ficar dois dias internada (Foto: Reprodução)

O corpo da pequena Maria Thereza Vitorino Ribeiro, de apenas 1 ano e 3 meses de idade, que morreu no último domingo (22) após ter se engasgado com um pedaço de maçã na creche onde estudava, foi exumado e levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Petrópolis para realização da perícia. A medida se deu em cumprimento a uma decisão judicial.

Maria Thereza Ribeiro se engasgou com uma fatia de maçã durante um lanche no Centro de Educação Infantil Carolina Amorim, no bairro Cascatinha, em Petrópolis, na última sexta-feira (20). No mesmo dia, a pequena foi levada para a UPA Cascatinha, onde foi reanimada e intubada, porém após ser transferida para internação no Hospital Alcides Carneiro não resistiu e faleceu na manhã de  domingo (22).

O hospital não enviou pedido de remoção para verificação de óbito à Delegacia e o corpo de Maria Thereza foi enterrado no Cemitério Municipal de Itaipava na tarde daquela mesma data.

De acordo com o delegado titular da 105ª DP (Petrópolis), João Valentim Neto, responsável pelas investigações, os fatos não foram comunicados oficialmente pela família, nem pela escola e pelo hospital onde a menor ficou internada por dois dias. A Polícia Civil tomou conhecimento do caso através da imprensa.

O registro da ocorrência foi feito depois da morte da menina.

 

Maria Thereza2

(Foto: Reprodução)

 

 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.