Internacional

Crianças brasileiras são baleadas em guerra do tráfico no Paraguai

Uma criança morreu e a outra teve parte do nariz arrancado. 

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Duas crianças brasileiras foram baleadas, em um intervalo de apenas 14 dias, vítimas de disparos de facções em guerra pelo controle do narcotráfico, próximo a Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, na fronteira com o Paraguai, de acordo com a Polícia Nacional do Paraguai. As crianças tinham nacionalidade brasileira, mas residiam no lado paraguaio. Uma morreu e a outra teve parte do nariz arrancado.

Ainda de acordo com a polícia paraguaia, as crianças não foram vítimas de tiroteio, mas de atentados, que por serem feito com fuzis, acabam ferindo vítimas inocentes. Brenda Micaela Arguello Gonzállez, de 6 anos, teve parte do nariz arrancado. Ela estava brincando em frente à casa onde mora. Os tiros eram direcionados a um homem. Uma mulher também foi ferida de raspão.

A segunda criança tinha 9 anos e foi morta junto com o pai, que era o alto do atentado. O carro onde estavam dentro de um carro quando foram atingidos.  Do lado brasileiro não há registro de

Comentários
enquete

Dia Mundial do desenhista? Você gosta de desenhar?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »