Rio

Defesa Civil do Rio realiza simulado de desocupação em 11 comunidades da Zona Norte

Ação tem o objetivo de preparar a população para situações de emergência provocadas por chuvas fortes

Por Redação Tupi

Imagem de um homem mexendo na grade
Foto: Divulgação/ Defesa Civil-RJ

A Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil realiza neste domingo, dia 4, simulados de desocupação em 11 comunidades dos complexos da Tijuca e do Lins, na Zona Norte, localizadas em áreas de alto risco de deslizamento de encostas.

Ao longo da semana, equipes da Defesa Civil percorreram as localidades para avisar a população sobre o evento que faz parte do conjunto de ações preventivas com foco no período de fortes chuvas.

Os simulados vão acontecer nas comunidades: Ouro Preto, Pretos Forros, Morro do Céu, Macacos, Parque Vila Isabel, São João, Matriz, Queto, Andaraí, Arrelia e Jamelão. No domingo, às 10h, as sirenes serão acionadas com o toque de mobilização para orientar os moradores a saírem de suas residências e se dirigirem ao ponto de apoio mais próximo.

Na ocasião, eles receberão orientações sobre a localização dos Pontos de Apoio, cadastramento no sistema de avisos por SMS, informações a respeito de vistorias e poderão contribuir com sugestões.

“O mundo vem sofrendo com a intensificação dos eventos climáticos severos. E é fundamental que estejamos todos preparados para quando acontecer. Os exercícios simulados servem para isso. Precisamos conhecer o risco, os recursos disponíveis no local, confeccionar planos de contingências e treinar. Assim, saberemos o que fazer quando as sirenes forem acionadas de verdade” – afirmou o subsecretário de Proteção e Defesa Civil, Márcio Motta.

A ação faz parte da série de eventos da Semana Municipal de Redução de Risco de Desastres, realizada com foco na conscientização da população para a importância do tema. Comemorado no primeiro domingo do mês de julho, a data marca os 10 anos do primeiro exercício simulado de desocupação feito após a instalação do sistema de alerta em diversas localidades.

Mais de cinco mil moradores de 20 comunidades participaram da ação realizada no dia 3 de julho de 2011. O evento motivou a criação do dia municipal de redução de desastres, instituído por decreto municipal.

O município do Rio foi pioneiro na implementação do Sistema de Alerta para Chuvas Fortes com uso de sirenes em comunidades com risco de deslizamento. O sistema conta com engajamento de líderes comunitários e evacuação para pontos de apoio.

Vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), a Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil realiza simulados de forma periódica nas comunidades do Rio. O alarme sonoro é composto por 83 pluviômetros e 165 estações de sirenes instaladas em 103 comunidades da cidade.

 



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Julho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »