Sentinelas 15:55h

Especialista fala sobre dificuldades do diagnóstico da endometriose

Confira o que foi destaque do Sentinelas da Tupi desta quinta-feira

Por Redação Tupi

(Foto/Arte: Erika Corrêa / Super Rádio Tupi)

No mês em que é celebrado o Março Amarelo, especialistas alertam sobre a endometriose e seus efeitos. Alguns médicos falam sobre a enorme desinformação sobre a doença, tanto das pacientes como entre os próprios ginecologistas, o que dificulta o diagnóstico e afeta de forma grave a qualidade de vida destas mulheres.

Nesta quinta-feira (18),  Sentinelas especial da Tupi aborda o tema e ouve médico especializado no assunto, que vai tirar as dúvidas das mulheres.

A endometriose é uma doença crônica e que atinge cerca de 10% das mulheres em idade fértil em todo o mundo. Ela causa dores muitos fortes e até mesmo incapacitantes.

Um estudo global realizado por um grupo de cientistas norte americanos revelou que mulheres portadoras da endometriose demoraram, em média, sete anos para obter o diagnóstico da doença. O ginecologista, Rodrigo Ferrarese, explica de forma detalhada como a enfermidade age.

 

A demora no diagnóstico, fruto da desinformação, é um dos motivos que levaram à criação do Março Amarelo, Mês Mundial da Conscientização da Endometriose.

O objetivo é justamente alertar as mulheres sobre a importância de estarem atentas aos principais sintomas da doença e também de procurarem um especialista no assunto, capacitado para realizar o diagnóstico correto da enfermidade.

O médico também fala sobre os sintomas da doença.

 

Mas, ainda assim, uma dúvida paira no ar.  Como tratar a endometriose? O doutor Rodrigo explica como agir para combater a doença.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »