Brasil

Famosas e ativistas comentam o caso Mari Ferrer

Próximo de completar 2 anos, obteve um resultado inédito: a sentença de estupro culposo, “quando não há intenção de estuprar”

Por Redação Tupi

O caso da jovem Mariana Ferrer voltou a movimentar as redes sociais. No Twitter, o assunto ocupa o primeiro lugar entre os mais comentados em todo o Brasil por meio da hashtag #justicapormariferrer.

Próximo de completar 2 anos, o caso obteve um resultado inédito: o juiz Rudson Marcos sentenciou como estupro culposo, “quando não há intenção de estuprar”. Sendo assim, André de Camargo Aranha, acusado de ter cometido o crime na boate Cafe de La Musique, em Santa Catarina, em 2018, foi inocentado, já que tal sentença não é prevista por lei.

Mariana dos Reis, Anitta e Taliria Petrone ecoam os milhares de pedido de justiça nas redes sociais:

“Estupro culposo não existe. Essa sentença ameaça as conquistas de todas as mulheres e abre precedentes para violência sexual”, afirma Mariana dos Reis, professora e ativista da Coletiva Bem Viver

“Mariana Ferrer eu admiro sua coragem de uma forma que você nem imagina #justicapormariferrer”, publicou a cantora Anitta

“Sempre há um modo de saber se existe consentimento. Ela disse que não quer? Ela não tem condições de dizer que não quer? Ela dormiu? Ela disse que queria e depois que não queria? Tudo que vem depois disso é estupro”, afirma a deputada federal Taliria Petrone

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »