Jornalismo

Fiocruz afirma que vai entregar vacina contra a Covid-19 em fevereiro

Anúncio foi feito pela presidente da instituição, Nísia Trindade

Por Isaac Santos

(Foto: Tânia Rego / Agência Brasil)

A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, disse durante uma reunião online da Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19, na Câmara dos Deputados, que a previsão é que a Fundação entregue 1 milhão de doses da vacina Fiocruz contra a Covid-19 produzidas na semana de 8 a 12 de fevereiro.

Nas semanas seguintes a produção será escalonada e, partir de 22 de fevereiro, já poderão ser entregues cerca de 700 mil doses diárias de vacinas para o Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde.

“A partir do acordo de encomenda  tecnológica e a transferência de tecnologia estamos responsáveis para o desenvolvimento da vacina originalmente criada na Universidade de Oxford e licenciada à farmacêutica AstraZeneca. Esta será a vacina da Fiocruz, com total incorporação dessa tecnologia”, disse a presidente, confirmando que o ingrediente farmacêutico para produção será recebido pela Fiocruz em janeiro.

Segundo a Fundação Oswaldo Cruz, a instituição está unida no esforço global para antecipar a imunização com doses de outros países. O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros, apresentou o plano para operacionalização da vacina contra a Covid-19, organizado em dez eixos de atuação. O plano prevê a adesão do Brasil às seguintes vacinas: consórcio Covax Facility, Oxford/Astrazeneca, Pfizer, Instituto Butantã, Bharat Biotech, Moderna e Janssen. Entre outros investimentos do governo federal ele destacou a  Medida Provisória 1.015/2020, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, que libera R$ 20 bilhões para a compra de vacinas em 2021.

O país conta com 38 mil salas de vacinação, podendo chegar a 50 mil postos em períodos de campanhas. Os critérios para a definição dos grupos prioritários são a manutenção do funcionamento de serviços essenciais, com foco nos trabalhadores da saúde que se encontram mais expostos ao vírus e a situação epidemiológica, contemplando grupos de maior risco de agravamento e óbito.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
18 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »