Brasil

Fiocruz defende vacinação de detentos contra a Covid-19

Levantamento do Conselho Nacional de Justiça assinala aumento de 190% nas mortes por Covid-19 nas prisões nos primeiros 67 dias de 2021

Por Isaac Santos

Foto/Reprodução

Um artigo da Fiocruz defende que detentos e outras pessoas privadas de liberdade tenham acesso à vacinação contra a Covid-19, assim como ampliação das medidas básicas de controle de transmissão nas prisões, com teste diagnóstico e assistência.

Os pesquisadores também denunciam que as condições em que essas pessoas vivem não permitem respeitar as principais medidas para prevenção da pandemia, como distanciamento social e medidas de higiene individuais e coletivas.

Os dados oficiais sobre infecções e óbitos publicados pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen) do Ministério da Justiça, não permitem dimensionar a real situação epidemiológica da Covid-19 nas prisões. Um levantamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) assinala aumento de 190% nas mortes por Covid-19 nas prisões nos primeiros 67 dias de 2021 em relação aos últimos 70 dias de 2020.

 



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Julho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Fala Garotinho
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
10:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Botequim do Mister
08:00 - Programa Roberto Canazio
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »