Conecte-se conosco

Carnaval

Funcionários que abordaram Dona Vilma Nascimento no aeroporto são demitidos

Dufry Brasil afirmou que apurou o caso de internamento e que optou pela demissão "por quebra dos protocolos da empresa"

Publicado

em

Ex-porta bandeira da Portela é vítima de racismo em aeroporto de Brasília (Foto: Divulgação)
Ex-porta bandeira da Portela é vítima de racismo em aeroporto de Brasília (Foto: Divulgação)

A Dufry Brasil demitiu os funcionários que abordaram a porta-bandeira histórica da Portela, Vilma Nascimento. No dia 21 de novembro, a baluarte voltava de uma viagem em Brasília quando foi obrigada a retirar seus pertences da baonsa para provar que não havia furtado nenhum produto em uma loja no aeroporto.

Vilma Nascimento
Vilma Nascimento (Foto: Reprodução)

A empresa, por nota, afirmou que apurou internamente a situação e que optou pela demissão “por quebra dos protocolos da empresa”. A empresa entendeu ainda que Vilma não cometeu nenhum crime.

Na ocasião, Vilma estava aguardando o voo quando decidiu comprar um refrigerante na loja Duty Free Shop. Ela saiu sem comprar nada e depois voltou para comprar um refrigente.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *