Jornalismo

Google é obrigado a fornecer dados sobre buscas por “Marielle Franco” na semana do crime

Decisão, da Terceira Seção do Superior Tribunal de Justiça, por 8 votos a 1, atende ao pedido do Ministério Público

Por Amanda Ribeiro

Marielle e o motorista Anderson Gomes foram mortos na noite de 14 de março de 2018, no centro do Rio de Janeiro
(Foto: Reprodução)

O Google será obrigado a entregar à Justiça informações de usuários sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista, Anderson Gomes. O crime ocorreu em 2018, no bairro Estácio.

A decisão, da Terceira Seção do Superior Tribunal de Justiça, por 8 votos a 1, atende ao pedido do Ministério Público. Deve ser entregue a lista de pessoas que pesquisaram na ferramenta de buscas o nome “Marielle Franco”, entre 10 e 14 de março, data do crime.

Na deliberação, o colegiado entendeu que a medida não coloca em risco a privacidade dos usuários e deve ajudar nas investigações do assassinato. Para o Google, a decisão foi ilegal por determinar quebra de sigilo de forma genérica.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »