Conecte-se conosco

Rio

Governo do Estado promove ações em parceria com modais de transporte para prevenção à violência contra a mulher no Carnaval

Iniciativa do programa Empoderadas oferece serviços e informação na Supervia e na Rodoviária do Rio nesta semana

Publicado

em

(Foto: Divulgação)

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, por meio do programa Empoderadas, realiza ativações em diferentes modais de transporte, em busca de um Carnaval sem importunação sexual. Desde a última semana, o programa estadual atua com equipe multidisciplinar abordando passageiros e transeuntes para falar sobre os diferentes tipos de violência contra a mulher, além de distribuir de material informativo.

-Essas ações de prevenção são muito importantes nesta época do ano em que cresce o número de casos de importunação sexual e estupro de vulnerável. Tem sido fundamental a parceria dos modais de transporte para que alcancemos um número ainda maior de pessoas – disse a superintendente de Empoderamento e Equidade de Gênero do Empoderadas, Érica Paes.

Durante esta quinta (08/02) e sexta-feira (09/02), o trabalho acontecerá na área de desembarque da Rodoviária do Rio, de 8h às 18h. A Rodoviária é um local estratégico para esse trabalho de conscientização e prevenção, pois circularão por essa região, só no dia 9, mais de 60 mil pessoas.

Na última quarta-feira (31/01), quem abriu as portas para contribuir por um Rio mais seguro para as mulheres foi a Supervia. As equipes do Empoderadas passaram orientações, assim como os endereços dos polos do programa e telefones para denúncias, além de escuta ativa, quando necessário. Esse trabalho orientou também a como denunciar casos de agressão física, ameaças, abuso psicológico, moral, patrimonial, físico ou sexual. O mesmo será feito nesta semana, na Rodoviária.

-A SuperVia acredita na importância de contribuir com ações preventivas como essas e entende o seu papel de ser um facilitador para abordar temas tão importantes para a sociedade – destacou a coordenadora de Responsabilidade Social da Supervia, Verônica Lameira.

Sobre o “Empoderadas”

O Programa Empoderadas, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, foi criado em 2019 como uma das iniciativas do Programa Estadual de Enfrentamento ao Feminicídio no Estado do Rio de Janeiro. A iniciativa busca cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU promovendo a igualdade de gênero. Já são mais de 86 polos em todo o estado do Rio de Janeiro que oferecem treinamento em técnicas de enfrentamento à violência contra meninas e mulheres, além da identificação dos sinais de violência nas situações do cotidiano. Sua metodologia é baseada na prevenção e composta por profissionais preparados para a escuta ativa e acolhimento de mulheres vítimas de violência. A partir da inserção no programa, a aluna tem acesso a uma rede multidisciplinar de acolhimento, cujo objetivo é apoiar em todas as esferas, seja social, jurídica ou psicológica, incluindo a promoção de cursos profissionalizantes que viabilizem a independência financeira delas.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *