Esportes

Governo do Rio suspende contrato de concessão do Maracanã

Decisão deverá ser publicada no Diário Oficial

Foto: Reprodução/Internet

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, anunciou na manhã desta segunda-feira, o cancelamento da concessão do Maracanã. A decisão será publicada no Diário Oficial e foi aplicada por conta da “caducidade do contrato com as empresas que administram o Maracanã”, ou seja, as dívidas acumuladas por parte das empresas. Os contratos de Flamengo e Fluminense também perderão sua validade.

O Consórcio se pronunciou: “O Complexo Maracanã Entretenimento foi surpreendido pela informação divulgada nesta manhã em uma coletiva de imprensa. A empresa não teve acesso a nenhum ato oficial do Governo do Estado do Rio de Janeiro e se manifestará oportunamente”.

Segundo o Governo do Estado do Rio, os débitos geraram um prejuízo de R$ 38 milhões. Enquanto isso, o Secretário de Esportes, Felipe Bornier, revelou que a concessionária não pagava as parcelas desde o mês de maio de 2017.

“Em decorrência do descumprimento do contrato e em razão também de já haver uma decisão em primeira instância anulando a concessão. Estamos retomando o Maracanã e sem prejuízo para a realização das partidas de futebol”.

Witzel revelou também que já vem conversando com um novo grupo e que isso não vai afetar as partidas já marcadas para o Estádio, válidas pelo Campeonato Carioca. Nesta terça-feira, o Estado reassumirá o Maraca, enquanto a concessionária terá 30 dias para se retirar.

enquete

Guerra das Estrelas: Qual música você quer ouvir no Show do Clóvis Monteiro?
Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »