Jornalismo

Homem é preso suspeito de torturar a mulher durante 6 horas em Nova Iguaçu

Mensagens no celular da vítima teriam motivado o homem a cometer sessão de agressões

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um homem foi preso em flagrante suspeito de torturar a mulher durante cerca de seis horas na casa do casal em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Em depoimento para a polícia, a vítima contou que foi agredida após o marido visualizar mensagens no celular dela que o desagradaram.

O suspeito é Davi Pereira de Souza. Ele foi preso na última quarta-feira (06) depois que a mulher o denunciou por violência doméstica. Ela contou que foi torturada na terça de carnaval, dentro da própria casa, entre 14h e 20h. Ainda segundo a polícia, a vítima disse que só não sofreu mais agressões porque aproveitou uma distração do marido e conseguiu fugir de casa. Antes de ir à delegacia, ela passou a madrugada escondida em uma mata.

Após ver mensagens no celular da vítima, Davi a agrediu com socos, chutes, além de cortar os cabelos dela com uma faca. Ele ainda teria usado um soquete de cozinha e um alicate para agredi-la. Após a denúncia, os policiais da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) de Nova Iguaçu, foram até a casa do casal, onde encontraram Davi que foi preso em flagrante pelos crimes de tortura e ameaça contra sua companheira. O caso foi encaminhado para a Justiça.

enquete

A verdade é sempre a melhor opção?
Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Na Companhia Do Garcia
« Programa Anterior
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »