Jornalismo

Jovem muda depoimento sobre estupro coletivo

Delegacia de Copacabana investiga o caso

As investigações sobre um suposto estupro coletivo, ocorrido em Copacabana, na Zona Sul do Rio, nesta sexta-feira (01), tomaram novos rumos. A vítima, uma turista baiana, de 24 anos, mudou a versão da história durante depoimento na delegacia.

12ªDP (Copacabana) investiga o caso. Foto: Reprodução

Na manhã de ontem, a jovem acionou a polícia militar e contou que havia sido estuprada por cinco bombeiros. A delegada Valéria Aragão, titular da 12ªDP (Copacabana), ouviu a mulher e os militares envolvidos no caso. Segundo a delegada, a turista contou que estava sob efeito de drogas e que não houve violência sexual, e acrescentou que todas as carícias trocadas com os bombeiros, foram consentidas.

Segundo a delegada, a jovem é garota de programa e veio para trabalhar durante o carnaval do Rio.Por meio de nota, o Corpo de Bombeiros ressaltou que “não compactua com nenhum ato que vá de encontro com a ética, a moral e os bons costumes”. Após depoimento, a turista foi encaminhada para fazer exames.

enquete

Você concorda com as medidas restritivas impostas no Rio?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
04 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »