Jornalismo

Juiz é denunciado por suspeita de vendas de sentenças

Denúncia foi feita com base num acordo de delação premiada

Por Isaac Santos

Foto: Divulgação Tribunal de Justiça do Estado do Rio

O Ministério Público do Rio (MPRJ) pediu a prisão do juiz João Amorim e do assessor dele, Marcos Vinicius Farah Noronha. A denúncia foi feita com base num acordo de delação premiada. O magistrado é titular da 11ª primeira Vara de Fazenda Pública da Capital e suspeito de venda de sentenças, além de cobrar propinas para nomear peritos.

Ele recebia 10% do valor do salário de cada profissional nomeado. Os acusados já vinham sendo monitorados desde abril. Ainda de acordo com o Ministério Público, um relatório feito pelo órgão constatou que 80% das perícias realizadas na 11ª Vara de Fazenda Pública da Capital, em 2019, foram concentradas em apenas quatro peritos, sendo que os mesmos eram beneficiados com honorários em valores muito acima da média.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »