Rio

Justiça do Rio nega pedido do MPRJ para reduzir passagem do metrô

Na semana passada, a concessionária anunciou o reajuste e o valor passou de R$ 5 para R$ 5,80

Por Redação Tupi

Metrô Rio (Foto: Divulgação / Metrô Rio)

O juiz Luiz Alberto Carvalho Alves, da 3ª Vara Empresarial da Capital, negou, na tarde desta terça-feira (18), o pedido do Ministério Público do Rio (MPRJ), para reduzir o valor da passagem do MetrôRio, para R$ 5,20.

Na semana passada, a concessionária anunciou o reajuste e o valor passou de R$ 5 para R$ 5,80. O Metrô Rio alegou também que as perdas ultrapassam R$ 600 milhões. Antes da pandemia, cerca de 900 mil passageiros circulavam no sistema por dia. Atualmente, são 390 mil por dia.

O magistrado disse na decisão, que “é evidente que o MPRJ, pretende uma maior proteção ao consumidor”. Contudo, o magistrado considerou que o órgão deixou de “observar o custo necessário para a prestação do serviço, a função social da ré e a geração de riqueza”

Segundo a nota do MPRJ, mesmo com as tentativas de resolução extrajudicial da questão, com vistas a mitigar o aumento, neste momento de evidente e grave crise social, a concessionária reduziu o índice inicialmente previsto. Mas, ainda assim, aplicou aumento que se mostra manifestamente excessivo, reajustando o valor da passagem de R$ 5,00 para R$ 5,80″, informaram em nota.

 



Comentários

Botão Calendário de Vacinação



AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »