Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Mãe de jovem morto no Jacarezinho diz que foi ameaçada por PM: ‘hoje estou com atirador de elite’

Caso aconteceu horas depois que policiais militares apareceram em vídeo provocando moradores da comunidade

Publicado

em

Mãe de Jonathan Ribeiro (no meio) chega ao IML para reconhecer corpo do filho

Mãe de Jonathan Ribeiro (no meio) chega ao IML para reconhecer corpo do filho – Foto: Tatiana Campbell/Super Rádio Tupi

Policiais militares foram flagrados em um vídeo provocando moradores do Jacarezinho, comunidade da Zona Norte do Rio de Janeiro, após a morte de Jonathan Ribeiro, de 18 anos, baleado com um tiro no peito. Os agentes aparecem nas imagens, em uma viatura, e um deles grita: “Inferno! Vai começar a briga” enquanto um outro ri.

Horas depois, na manhã desta terça-feira (26), a mãe de Jonathan, Monique Ribeiro, ao chegar no Instituto Médico Legal contou que quando saiu de casa para ir até o IML reconhecer o corpo do próprio filho, ouviu uma outra provocação.

“Agora quando estava vindo eles gritaram: ‘hoje eu estou com atirador de elite’. Dizendo o que?. Que vinham para matar, igual fizeram ontem com meu filho. Não respeitaram o meu sofrimento. Eu parada estava, parada fiquei”.

A reportagem da Super Rádio Tupi procurou a Polícia Militar para saber se essa conduta será apurada, mas até o momento não teve resposta. Tão logo respondam, a matéria será atualizada.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *