Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Megaoperação corta gatos que abasteciam 20 lojas no Recreio dos Bandeirantes

Após os cortes, os imóveis foram demolidos pela Prefeitura do Rio

Publicado

em

Cedae desfaz gatos que abasteciam 20 lojas no Recreio dos Bandeirantes
Após os cortes, os imóveis foram demolidos pela Prefeitura do Rio (Foto: Divulgação/Cedae)

Após os cortes, os imóveis foram demolidos pela Prefeitura do Rio
(Foto: Divulgação/Cedae)

A Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) eliminou dois gatos de água, na manhã desta quarta-feira (26), que abasteciam um terreno onde funcionavam 20 lojas na Avenida Gilka Machado, na comunidade do Terreirão, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. A Segurança Patrimonial da Companhia participou de megaoperação que reuniu Ministério Público (MPRJ), Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), Polícia Militar, Guarda Municipal, Coordenadoria de Controle Urbano (CCU), Comlurb, Rio Luz, subprefeitura de Jacarepaguá e a concessionária Light.

As 20 lojas – que incluíam academia, peixaria, vidraçaria, marcenaria, oficina mecânica, estacionamento, loja de produtos de piscina e loja de roupas – utilizavam os gatos para abastecer cisterna capaz de armazenar 10 mil litros, além de cinco caixas d’água. Após os cortes, os imóveis foram demolidos pela Prefeitura do Rio.

Em nota oficial, a Cedae destacou que o furto de água prejudica o abastecimento nas proximidades, podendo provocar vazamentos e a perda de pressão na rede, além de ser crime tipificado no artigo 155 do Código Penal. A companhia também reforçou que denúncias de gatos de água podem ser feitas pelo cedae.com.br ou pelo telefone 0800-282-1195.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.