Conecte-se conosco

Campeonato Brasileiro

Mesmo com sufoco no fim, Fernando Diniz aprova atuação critica arbitragem: ‘gol pessimamente anulado’

Treinador relembrou lance protagonizado pelo atacante Germán Cano, que poderia ter dado tranquilidade maior ao time

Publicado

em

Fernando Diniz
(Foto: Reprodução)

Mesmo sofrendo, o Fluminense conseguiu uma vitória importante no último domingo por 1 a 0 sobre o Fortaleza, no Castelão. Além da comemoração de mais três pontos conquistados, o técnico Fernando Diniz aproveitou a entrevista coletiva após a partida para externar sua insatisfação com o gol mal anulado de Germán Cano. Se validado, o Fluminense abriria uma vantagem de dois gols e teria uma situação mais tranquila nos minutos finais da partida. Na ocasião, o gol chegou a ser revisado pela arbitragem de vídeo.

“O time se comportou de maneira excelente, porque nossa ideia era marcar mais alto, bem mais alto, mas quando não encaixa do jeito que a gente queria e o Fortaleza nos empurra para trás, fomos mais ainda para trás do que eles gostariam. Ficou carência grande de espaço no meio para a gente. Eles tiveram volume de jogada de linha de fundo, de escanteios, mas de chance clara de gol era muito parecido com a gente. Quando saímos, íamos com bolas limpas e chegamos com muito mais clareza do que o volume de ações que eles tiveram. Jogamos com inteligência, vontade e determinação. E poderia ser 2 a 0, porque na minha opinião tivemos um gol pessimamente anulado” – disse Diniz.

Frame do vídeo disponibilizado pelo VAR

Foto: Reprodução

Com a vitória, o Tricolor chegou aos 11 pontos e pulou para a sétima colocação na tabela de classificação. Na quinta-feira, o time tem uma decisão pela frente, contra o Oriente Petrolero, da Bolívia, pela Copa Sul-Americana. O duelo será às 21h30, no estádio El Tahuichi, onde o Fluminense precisa vencer por seis gols, além de torcer por um empate entre Junior Barranquila e Unión Santa Fé para conseguir a primeira colocação do Grupo H e, consequentemente, a classificação.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.