Conecte-se conosco

Últimas Notícias

Milicianos da Zona Oeste são alvos do Ministério Público

Criminosos mantinham estabelecimentos com dinheiro de extorção e agiotagem

Publicado

em

(Foto: Lucas Araújo/ Divulgação: Super Rádio Tupi)

Milicianos de Rio das Pedras, alvos da terceira fase da operação ‘Intocáveis’, realizada nesta quarta-feira (2) pelas equipes do GAECO, o Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime ao Crime Organização do Ministério Público, erguiam imóveis e estabelecimentos comerciais com o dinheiro da agiotagem e da extorção que o grupo praticava na região da Zona Oeste do Rio.

Os alvos da operação foram os milicianos Marcus Vinícius Reis dos Santos, mais conhecido como ‘Fininho’, e Fernando Braga Ribeiro, que já estavam presos desde a primeira fase dessa operação, e Bruno Leonardo Fonseca Teixeira, que segue foragido da justiça.

De acordo com o doutor Marcelo Winter, promotor do GAECO, com esses empreendimentos, a milícia de Rio das Pedras já movimentou quase R$ 6 milhões.

“O valor real desses imóveis, do capital social dessas empresas, dos veículos e dos estabelecimentos colocados nos nomes de laranjas, esse montante somado, de acordo com as investigações totalizão o valor de R$ 5.787.000, aproximadamente”, disse Marcelo Winter, promotor do GAECO.

(Foto: Lucas Araújo/ Divulgação: Super Rádio Tupi)

Vale lembrar que essa operação é um desdobramento da mesma ação que resultou na morte do ex-PM Adriano da Nóbrega, apontado como um dos chefe dessa milícia, que inclusive tinha relações com o senador Flávio Bolsonaro.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *