Brasil

Ministério Público do DF deflagra operação para apurar lavagem de dinheiro em esquema copiado de Sérgio Cabral

(Reprodução)

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios cumpre mandados judiciais, nesta quinta-feira, no DF e em três estados: Goiás, São Paulo e Rio de Janeiro. O objetivo é investigar supostas fraudes na compra de equipamentos médicos pela Secretaria de Saúde de Brasília, entre 2009 e 2015. Em São Paulo, os agentes tentam cumprir seis mandados de busca e apreensão na sede de uma das empresas fornecedoras e na casa do proprietário, em São Bernardo do Campo.

As fraudes chegam a 123 milhões de reais. O esquema envolve adesões a atas de registros de preços do governo de Sergio Cabral que já estavam direcionadas para atender a interesses e negócios de um grupo liderado pelos empresários Miguel Iskin, Gustavo Estellita e Claudio Haidamus, alvos de ações da força-tarefa da Lava-Jato no Rio de Janeiro.

O nome da Operação Gotemburgo faz alusão a segunda maior cidade da Suécia, onde está localizada a sede do Grupo responsável por uma das empresas envolvidas no esquema e que foi agraciada com a maioria dos contratos formalizados. Estão sendo cumpridos 46 mandados de busca e apreensão.

 

 

 

 

recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »