Capital Fluminense

MP denuncia Jairinho por tortura contra contra o filho de ex-namorada

Criança é filha da estudante Débora de Mello Saraiva, com quem Jairinho teve um relacionamento

Por Marcelo Silva

Dr. Jairinho
Dr. Jairinho (Foto: Câmara Municipal do Rio)

O Ministério Público do Rio denunciou mais uma vez o vereador Jairo Souza Santos Júnior, conhecido como Dr. Jairinho, pelo crime de tortura contra o filho da ex-namorada do parlamentar. Ainda segundo o MPRJ, a 1ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal Territorial da área Zona Sul e Barra da Tijuca também pediu a prisão preventiva do vereador.

A criança é filha da estudante Débora de Mello Saraiva, com quem Jairinho teve um relacionamento, antes de se casar com a professora, Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, morto na madrugada do dia 8 de março, com mais de 20 lesões provocadas por ação violenta.

Segundo a nova denúncia do MP, no dia do crime, a criança estava no Barra Shopping com sua mãe e sua avó, Jane Mello Saraiva, quando Debora recebeu uma ligação de Jairinho, dizendo que iria a uma reunião num salão de festas na Barra da Tijuca e pedindo para levar a criança, pois no local havia brinquedos.

O vereador alegou, ainda, que sua ex-esposa Ana Carolina não tinha deixado que ele levasse o filho, e que por isso gostaria de levar o filho de Débora, que autorizou que Jairinho buscasse a criança no estacionamento do shopping. De acordo com o documento, no dia 9 de março de 2015, Jairinho submeteu a criança, então com dois anos de idade, a intenso e desnecessário sofrimento físico e mental, como forma de aplicar-lhe castigo pessoal ou medida de caráter preventivo.

A denúncia do MP narra ainda outras torturas que Jairinho cometeu contra o filho de Débora, entre novembro de 2014 e junho de 2016, no apartamento em que ela morava no bairro de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. O vereador foi denunciado anteriormente por crimes cometidos contra outras crianças.

Em maio de 2021, Jairinho foi denunciado junto com a ex-mulher, Monique Medeiros por homicídio triplamente qualificado contra o menino Henry Borel, de 4 anos, morto no dia 8 de março. Em abril, já havia sido denunciado por torturar menina de quatro anos entre 2011 e 2012.


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Agosto de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »