Rio

Nova defesa de Monique garante que ela vai prestar novo depoimento

"A Monique precisa falar", disse um dos advogados para a imprensa na tarde desta quarta-feira

Por Redação Tupi

A nova defesa de Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, falou com a imprensa na tarde desta quarta-feira (14), na saída da 16ª Delegacia de Polícia da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, e afirmou que Monique vai ser ouvida novamente pela policia, segundo o advogado Hugo Novais.

“Chegou o momento da Monique falar de maneira isenta. Ela vai ter a oportunidade de novamente prestar depoimento. Foi um requerimento que nós fizemos à autoridade policial e o que nós entendemos é que nesse momento ninguém pode falar em nome da Monique. A Monique precisa falar. E a estratégia de defesa que a Monique é única e exclusivamente uma: que a Monique diga a verdade”, informou ele.

 

A advogada Thaise Mattar Assad ainda assegurou que, agora, Monique tem defesa e que a prisão dela representou a libertação do opressor. “Eu gostaria de dizer a todos que esperem, deixem e ouçam a Monique falar. Até agora, falaram por ela. Por incrível que pareça, a situação é tão trágica que a prisão da Monique, na verdade, representa a sua libertação contra a opressão e o medo. Então deixem a Monique falar”, disse ela.

Monique Medeiros está presa, preventivamente, desde a última quinta-feira (8),  acusada de homicídio duplamente qualificado do filho, Henry Borel.

A Secretaria de Administração Penitenciária confirmou a substituição da direção do Presídio Frederico Marques, em Benfica, onde Monique Medeiros e o Dr. Jairinho estão presos.

De acordo com a SEAP, a troca aconteceu após o ex-diretor discordar das denúncias de supostos privilégios durante a passagem do casal pela unidade prisional.

A nova defesa da mãe do menino Henry Borel está na Delegacia da Barra da Tijuca, que investiga a morte da criança, para solicitar que Monique Medeiros seja convocada para um novo depoimento.

Na última segunda-feira (14), os novos advogados de Monique afirmaram que haveria uma mudança na estratégia da defesa, que passaria a trabalhar com a verdade dos fatos conforme eles ocorreram.

Quem também está na unidade policial da Zona Oeste do Rio é a faxineira do apartamento onde o menino Henry morava com o padrasto, vereador Jairinho e a mãe.

Leila Souza estava com o rosto coberto e não falou com a imprensa. Agora, a polícia aguarda pela chegada da irmã de jairinho que também foi intimada a prestar depoimento sobre o caso.

Comentários

enquete

Hoje é o dia Nacional do Turismo. Você pretende viajar quando acabar a pandemia?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
08 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show da Galera
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »