Patrulhando a Cidade

Operação prende grupo de torcedores que pretendia invadir Maracanã

Desde cedo a Polícia Civil cumpre 27 mandados de prisão

Por Redação Tupi

Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

Dezenove pessoas já foram presas na operação Olhos de Águia realizada pela Polícia Civil nesta terça-feira. O objetivo é desarticular uma quadrilha que através de redes sociais organizava ações para realizar crimes e invadir o estádio do Maracanã na noite desta quarta-feira, durante a partida entre Flamengo e Grêmio, pela semifinal da libertadores da América.

O objetivo dos criminosos era roubar ingressos e furar o cerco preparado pelas forças de segurança. De acordo com Carina Bastos, responsável pela operação, a maioria dos participantes do grupo pertence à torcidas organizadas. Um dos presos é Marcus Ferreira Da Silva Palmier, de 22 anos, apontado como o criador do grupo. Desde cedo a Polícia cumpre 27 mandados de prisão e 89 de condução. Ainda segundo a delegada, as investigações devem se estender mesmo após o término do jogo.

Na manhã de hoje, durante o cumprimento dos mandados na comunidade do Jacarezinho, houve confronto entre criminosos e agentes da CORE. Duas pessoas morreram e duas ficaram feridas. Robson Luiz Santos de Andrade foi encaminhado ao Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, mas não resistiu aos ferimentos. A outra vítima que morreu não foi identificada. Márcio Pessoa, de 22 anos e Adrianice Paulo, de 44, foram baleados na Avenida Dom Helder Câmara e levados para o Hospital Souza Aguiar. O estado de saúde dos dois é estável.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Novembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »