Conecte-se conosco

Rio

Pai afirma que PMs com fuzil atiraram no filho em abordagem no Rio de Janeiro

Jovem de 22 anos foi atingido na perna e está em estado grave

Publicado

em

Foto: Reprodução/TV Globo

Um jovem de 22 anos foi atingido por um tiro de fuzil na última segunda-feira (04) no Santo Cristo, região central do Rio de Janeiro. O pai da vítima afirmou que o tiro veio de policiais militares que o abordaram. Porém, a Polícia Militar diz que o rapaz foi agressivo e que uma arma disparou por acidente.

Lucas Szelazek Duarte da Silva está em estado grave e passou por uma cirurgia de cinco horas. O jovem estava na porta de casa, na Rua Araújo Viana, quando foi atingido na perna. Segundo Wilson Duarte, pai da vítima, os PMS já haviam dado um tiro que não havia acertado ninguém. Na sequência, o PM tentou dar um chute na barriga de Lucas, mas o jovem agarrou a perna, e o militar caiu. Logo depois, segundo o pai, o policial mirou o fuzil e atirou em Lucas.

Wilson afirmou que o policial estava bastante alterado. Após a confusão, o militar se deu conta do que estava acontecendo e gritou para um colega buscar o carro. Eles levaram Lucas para o Hospital Souza Aguiar. Em nota, a PM diz que a Corregedoria está apurando o caso.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.