Conecte-se conosco

Destaques

Perfil viraliza ao divulgar animais criados pelo tráfico em comunidades do Rio

Em uma das imagens, há um mico-leão-dourado (animal em extinção) junto a dois fuzis

Publicado

em

Um perfil viralizou no Twitter ao divulgar animais criados pelo tráfico em comunidades do Rio de Janeiro. A página, chamada “bichos do tráfico”, tem imagens de diversos animais em meio a armamentos de guerra e com a identificação de cada facção criminosa.

Em uma das fotos, há um mico-leão-dourado junto a dois fuzis. A página afirma que ele vive na Vila Aliança, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, e há mais um da espécie para procriar na mata da comunidade. Segundo a “Lista Nacional Oficial de Espécies da Fauna Ameaçadas de Extinção”, publicada em 2014 pelo Ministério do Meio Ambiente, o mico-leão-dourado encontra-se em perigo de extinção (EN).

Uma segunda imagem mostra um cavalo com uma arma presa no pescoço na Vila Kennedy, região dominada pela maior facção criminosa do estado. Em outra publicação, um cachorro aparece com um rádio de comunicação amarrado no pescoço na comunidade Viradouro, em Niterói.

Procurados pela reportagem da Super Rádio Tupi, a Polícia Civil, o IBAMA e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMAC) ainda não se posicionaram.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.