Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Polícia Civil desarticula organização criminosa especializada em fraudes bancárias na Zona Oeste do Rio

De acordo com as investigações, quadrilha arrecadou R$ 200 mil nos últimos dois meses

Publicado

em

CARTÕES DE CRÉDITO APREENDIDOS COM QUADRILHA DE FRAUDE BANCÁRIA
(fOTO: dIVULGAÇÃO/pcerj)

Policiais civis da 32ª DP (Taquara) prenderam, nesta sexta-feira (27), quatro integrantes de uma organização criminosa especializada em fraudes bancárias. As investigações indicam que a quadrilha, que atuava na Zona Oeste, arrecadou R$ 200 mil com o crime nos últimos dois meses.

Segundo as investigações, no último dia 19, um dos criminosos tentou obter a segunda via de um cartão e alterar a senha em uma agência bancária. Os agentes receberam a informação, foram ao local e identificaram a placa do veículo utilizado após análise de imagens. Os policiais descobriram a residência onde o carro estava e prenderam um integrante com diversos documentos falsos e máquinas de cartões. 

No momento da prisão, o homem recebeu uma ligação da líder da quadrilha ordenando que ele fosse encontrar outro integrante, responsável pela falsificação de documentos, para pegar uma identidade falsa e retirar um cartão bancário em uma agência dos Correios. A equipe foi até o local combinado e prendeu outro integrante da organização, que portava um documento falso. 

Após a segunda prisão, o setor de inteligência da 32ª DP identificou o endereço da líder da organização. Ela foi localizada e presa com cartões de vítimas e uma máquina de cartões. A mulher confessou os crimes.

Ainda durante a prisão da líder da quadrilha, outro integrante ligou para ela e disse ter pego um cartão bancário na casa de uma vítima. Em novo trabalho de inteligência, os agentes identificaram o endereço do criminoso. Ele foi preso em casa e diversos cartões foram apreendidos. 

Os quatro foram autuados por organização criminosa e tentativa de furto mediante fraude. As investigações continuam para identificar outros supostos integrantes da quadrilha.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.