Rio

Polícia Civil do RJ e STJ discutem possível federalização da investigação do caso Marielle

STJ pediu o compartilhamento de informações da investigação da Delegacia de Homicídios da Capital

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

Representantes da Polícia Civil do RJ e a ministra da Terceira Sessão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Laurita Vaz, devem conversar na próxima semana em Brasília. Vai ser discutida a possibilidade de federalizar a investigação sobre a motivação dos assassinatos de Marielle Franco e Anderson Gomes, assim como a existência de possíveis mandantes para o crime.

Ainda não há data para o julgamento sobre o deferimento do Pedido do Incidente de Deslocamento de Competência para o caso. O dispositivo prevê o deslocamento das polícias estaduais para a Polícia Federal, sob a justificativa de “grave violação aos direitos humanos” ou leniência por parte do Estado.

Ainda sem a data do julgamento definida, o diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, Antônio Ricardo Nunes, e o delegado responsável pelo caso, Daniel Rosa, vão despachar na semana que vem com a magistrada, que pediu o compartilhamento de informações da investigação da Delegacia de Homicídios da Capital.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Novembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »