Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Polícia Federal prende mulheres acusadas de estelionato

Uma das presas é suspeita de haver sacado, há dois meses, um outro benefício fraudado, em circunstâncias semelhantes.

Publicado

em

Polícia Federal
Estelionatárias foram presas no bairro de Copacabana, na Zona Sul do Rio

A Polícia Federal prendeu duas mulheres em flagrante pelo crime de estelionato no bairro de Copacabana, na Zona Sul do Rio

De acordo com a PF, uma das presas é suspeita de ter sacado, há dois meses, um outro benefício previdenciário fraudado, em circunstâncias semelhantes.

A prisão aconteceu na manhã desta quarta-feira (01), e as criminosas de 29 e 50 anos, foram capturadas em flagrante por tentativa de estelionato.

A prisão ocorreu no momento em que ambas tentavam sacar cerca de 140 mil reais, referentes a um benefício previdenciário anteriormente implementado por uma quadrilha de estelionatários.

Uma das presas apresentou-se como procuradora do titular do benefício do INSS. No entanto, o titular do benefício fraudado se trata de pessoa fictícia “fantasma”, criada com documento de identidade falsos em um nome de registro inexistente.

Além disso, uma das mulheres presas nesta quarta-feira é suspeita de sacar, há cerca de dois meses, um outro benefício fraudado, em semelhantes circunstâncias.

Na identificação das fraudes, a Polícia Federal contou com o apoio do Núcleo de Inteligência Previdenciária e Trabalhista do Rio de Janeiro, órgão do Ministério da Economia, e com a Centralizadora de Segurança e Fraude da Caixa Econômica Federal.

As investigadas responderão pelos crimes de tentativa de estelionato qualificado.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.