Baixada Fluminense

Prefeitura de Magé investiga se mortes de bichos de estimação têm ligação com vacina contra raiva

Seringas, insumos e instrumentos usados no processo de vacinação do posto foram recolhidos e levados para análise

Por Tatiana Campbell

Campanha de vacinação contra raiva em Magé
Campanha de vacinação contra raiva em Magé – Foto: Divulgação/Prefeitura Magé

A Prefeitura de Magé, na Baixada Fluminense, abriu uma sindicância para investigar se 10 bichos de estimação que tiveram reações à vacina antirrábica aplicada no município morreram por causa do imunizante. Todos os casos aconteceram em um mesmo posto de Magé, durante a campanha de imunização contra raiva, no último sábado (03).

De acordo com a prefeitura, seringas, outros insumos e instrumentos usados no processo de vacinação do posto, que normalmente seriam descartados, foram recolhidos e levados para análise. Os corpos dos animais também passarão por autópsia.

Segundo o município, em uma análise preliminar tudo aponta para a reação nos bichos ter sido causada por “falha humana”. O líquido aplicado nos animais pode ter sido insulina, ao invés do imunizante.

O presidente da Comissão dos Direitos dos Animais da Câmara do Rio, o vereador Luiz Ramos Filho, pediu ao secretário municipal de Saúde Daniel Soranz que a campanha na capital, marcada para começar no próximo sábado, seja adiada. O parlamentar afirma que parte do mesmo lote de vacinas antirrábicas aplicadas em Magé veio para o Rio e, por isso, pediu a suspensão da campanha até que se confirme ou não a contaminação da remessa.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
18 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
21:00 - Botequim do Mister
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »