Brasil

Segunda Turma do STF decide soltar Régis Fichtner 

Ex-secretário de Sergio Cabral já havia sido preso em 2017

Foto: Reprodução TV Globo

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu  soltar o advogado Régis Fichtner nesta terça-feira. Durante o governo de Sérgio Cabral, Régis era o chefe da Casa Civil do Rio de Janeiro. A informação foi divulgada pelo G1.

Fichtner foi preso em fevereiro na Operação Consigliere, uma das fases da Lava Jato no Estado. Ele foi acusado pelos crimes de corrupção passiva, lavagem e dinheiro e organização criminosa.

Apesar da decisão, os ministros determinaram medidas cautelares a Régis Fichtner. O ex-secretário de Sérgio Cabral está proibido de deixar o Brasil sem autorização judicial. Ele deverá entregar seu passaporte e não poderá manter contato com outros investigados.

Régis Fichtner já havia sido preso em 2017. Na ocasião, o Tribunal Regional Federal da 2 Região acabou soltando o ex-secretário.

enquete

Para uma vida conjugal dar certo, alguém da relação tem que ceder?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »