Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Sérgio Cabral deixa batalhão dos bombeiros no Humaitá para unidade prisional da corporação

Determinação foi da juíza Ana Paula Abreu Filgueira após pedido do comandante dos Bombeiros

Publicado

em

Ex- Governador Sérgio Cabral já mudou de cadeia seis vezes
(Foto: Reprodução)

Sérgio Cabral, ex-governador do Rio, foi transferido, na noite desta segunda-feira (23), do quartel do Corpo de Bombeiros, no Humaitá, na Zona Sul da Capital Fluminense, para o Grupamento Especial Prisional da corporação em São Cristóvão, na Zona Norte.

A transferência ocorreu após pedido do comandante dos bombeiros, o coronel Leandro Monteiro, que alegou que a unidade fica em uma área com muita influência pelo tráfico de drogas do Morro da Mangueira. A unidade, segundo ele, não tem condições cautelar para o isolamento de Cabral. O pedido foi atendido pela juíza Ana Paula Abreu Filgueiras, da Vara de Execuções Penais.

A decisão ainda destaque um pedido de Cabral para a contratação de um jornaleiro para entregar jornais e revistas no 1º GBM do Humaitá. O pedido para o profissional entrar na cadeia foi negado, mas foi autorizado que parentes ou advogados levem jornais para o ex-governador.

Outro pedido para que Cabral ficasse internado por 3 dias no Hospital Copa Star, na Zona Sul, também foi negado.

No dia 5 de maio, Sérgio Cabral e outros cinco presos foram transferidos da Unidade Prisional da Polícia Militar, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, para o presídio Bangu 1, na Zona Oeste.

A mudança foi feita após uma fiscalização encontrar indícios de regalias na prisão da PM.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.