Conecte-se conosco

Baixada Fluminense

Suspeito de matar a própria esposa e atear fogo no corpo dela por ciúme é preso em Nova Iguaçu

Corpo da vítima foi encontrado no porta-malas do carro dela, há três dias

Publicado

em

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Policiais civis da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam, neste domingo (23) um homem, de 37 anos, suspeito de ter assassinado a esposa e atear fogo no corpo dela. Ele, que não teve o nome revelado, foi detido pelos agentes no Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

O corpo da vítima, que também não teve o nome informado, foi encontrado carbonizado no porta-malas do próprio carro há três dias. O marido dela contou a policia que eles teriam sido sequestrados e que os criminosos também tentaram atear fogo nele. Por isso, ele estava internado.

Mas durante a investigação, a polícia recolheu imagens de câmeras de seguranças e confirmaram que o acusado estava mentindo.

Durante um novo interrogatório, o suspeito confessou o crime. Ele disse que bateu com a cabeça da vítima no porta-malas do carro e depois de colocá-la dentro do espaço, jogou álcool e incendiou o veículo.

De acordo com a Polícia Civil, o homem teria cometido o crime por ciúmes após ver mensagens no celular da vítima. Contra o suspeito, um mandado de prisão temporária foi expedido pela Justiça.

Suspeito se feriu e está internado no Hospital da Posse com queimaduras (Foto: Divulgação)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.