Conecte-se conosco

Rio

UERJ retoma atividades presenciais em 16 de fevereiro

Decisão se baseou em nota técnica emitida pela Pró-reitoria de Saúde, que assegura que houve queda da infecção pela variante Ômicron no município e no estado

Publicado

em

Prédio da UERJ
Prédio da UERJ (Foto: Reprodução)
Prédio da UERJ

Prédio da UERJ (Foto: Reprodução)

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) vai retomar as atividades presenciais a partir de 16 de fevereiro. A decisão se baseou em nota técnica emitida pela Pró-reitoria de Saúde, que assegura que houve queda da infecção pela variante Ômicron no município e no estado do Rio de Janeiro, nas últimas duas semanas. O documento cita ainda que a taxa de ocupação de leitos de UTI em pacientes de Covid-19 está dentro dos limites de segurança.

Com isso, está previsto o retorno das atividades  administrativas, de ensino, pesquisa e extensão da universidade, inclusive do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira ( CAp-Uerj), com a manutenção dos protocolos de biossegurança. Entre eles, o uso de máscaras e a apresentação do comprovante de vacinação para poder acessar a instituição. O calendário acadêmico aprovado pelo Conselho Universitário, que prevê atividades híbridas de acordo com as prerrogativas de cada unidade, segue em vigor.

“Durante todo o período da pandemia seguimos as recomendações científicas para promover um retorno seguro à nossa comunidade acadêmica, tendo em vista o compromisso que temos com a vida das pessoas, e agora não poderia ser diferente quando a situação da pandemia declina em nosso Estado”, afirmou o reitor Ricardo Lodi.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.