Atuações do Botafogo contra o Atlético: inquestionável!

Crédito:

Deu gosto! O Botafogo colocou o Galo na panela e se deliciou no Estádio Nilton Santos, neste domingo (7): 3 a 0 com autoridade, pela rodada 15 desta edição do Campeonato Brasileiro. Veja, na sequência, como o Jogada10 avaliou o desempenho dos alvinegros - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

JOHN - Quase um mero espectador. Na melhor chance do Galo, contou com a sorte ao ver o míssil de Hulk explodir na trave. Mas estava na bola para defendê-la - NOTA: 6,0 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

SUÁREZ - Cobra da bola, o Lenhador participou de boas transições e roubou bolas na frente. Consegue dosar a força na hora de dar os botes. Imprescindível na frente e atrás - NOTA: 7,5 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

BASTOS - Mais técnico do que Barboza, ludibriou os atacantes do Galo. Partida extremamente segura do Palanca Negra. A lamentar somente o cartão que o tira do duelo contra o Vitória, no meio da semana - NOTA: 7,5 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

BARBOZA - Não se intimidou com a presença de Hulk. Colou no centroavante e não o deixou jogar. O rival só assustou em bolas paradas. Se mantiver a pegada, Halter não retorna mais para o time titular - NOTA: 8,0 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

CUIABANO - Avançou, com frequência, à linha de fundo. Se não cruza direitinho, tem presença ofensiva importante. Soltou um porrete e ampliou o score para o Glorioso - NOTA: 7,5 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Cuiabano

BARBOSA - Primeiro tempo alinhando chegadas ao ataque com precisão nos desarmes. Sempre na bola. Tocou para Luiz Henrique abrir o placar. Na etapa inicia, caiu um pouco, errou passes bobos e cedeu a vaga para Tchê Tchê - NOTA: 7,0 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

FREITAS - Insistiu em esticadas. Apesar de ser discreto, não comprometeu na marcação. Saiu, no segundo tempo, para a entrada de Gregore - NOTA: 6,5 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

EDUARDO - Novamente, não se omitiu. Lançou Luiz Henrique no lance da expulsão de Igor Rabello e obrigou o goleiro adversário a realizar uma grande defesa, em cobrança de falta. Saiu, no segundo tempo, para a entrada de Savarino - NOTA: 7,5 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

LUIZ HENRIQUE - A melhor atuação pelo Mais Tradicional. Colocou a bola na gaveta quando teve espaço para chutar. Provocou a expulsão do zagueiro Rabello, deu canetas e ficou à vontade no gramado do Colosso do Subúrbio. O dono do jogo. Agora, sim, justificou por que era, antes de Almada, a contratação mais cara da história do futebol brasileiro. Saiu, no fim, para a entrada de Romero - NOTA: 9,0 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

JÚNIOR SANTOS - O Anjo das Pernas Confusas tem errado algumas tomadas de decisões. Teve uma chance clara e deixou o goleiro adversário crescer para cima dele. No mais, teve lampejos de um jogador que consegue ir para cima na força física e no drible - NOTA: 6,0 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

TIQUINHO - Segue em jejum. Compensa, porém, com recomposição e doação marcação. No segundo tempo, cansa e apaga de vez. Esta foi a tônica de mais uma atuação. Ainda está devendo. Não enfrenta o Vitória. Saiu, no fim, para a entrada de Romero - NOTA: 6,0 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

TCHÊ TCHÊ - Distribuiu bons passes quando o Botafogo tinha mesmo que ficar com a bola - NOTA: 6,5 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

SAVARINO - Depois de quase um mês, voltou a defender o Botafogo. Fez bola andar e colocou o Galo na roda quando o jogo estava ganho. Para coroar o retorno, ainda meteu um golaço e impôs ao Bicudo a famigerada "Lei do Ex" - NOTA: 8,5 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

GREGORE - Impôs sua ferocidade sobre os meias e atacantes do time carijó. Um verdadeiro pitbull - NOTA: 7,0 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

KAUÊ - Entrou no fim. Fica, portanto, SEM NOTA

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

ROMERO - Entrou no fim. Fica, portanto, SEM NOTA

Crédito: Foto: Vitor Silva/Botafogo

TÉCNICO: ARTUR JORGE - Com intensidade e excelente ocupação de espaços, o Botafogo mostrou suas credencias ao Galo e provou que é time de primeira prateleira. Depois, passou a administrar o resultado, cozinhando o Bicudo até matar o jogo de vez. Entendeu o contexto da partida. O Glorioso voltou a jogar muita bola - NOTA: 9,0 - Foto: Vitor Silva/Botafogo

Crédito: Artur Jorge