Conecte-se conosco

Automobilismo

Fórmula 1: GP da Rússia não será substituído e temporada terá 22 etapas

Comunicado foi feito nesta quarta-feira e vai proporcionar intervalo de três semanas entre Itália e Singapura

Publicado

em

Divulgação (Fórmula 1).

A FIA confirmou nesta quarta-feira que o grande prêmio da Rússia não terá um substituto no calendário da Fórmula 1 de 2022. Desta forma, a temporada de 2022 terá 22 etapas, uma a menos do planejamento inicial para o ano, que seria o com mais corridas na história da categoria. A decisão já era aguardada nos bastidores.

A etapa russa foi cancelada por conta da invasão à Ucrânia, com a Fórmula 1 fazendo o que foi feito pelas principais organizações esportivas de outras modalidades. A corrida em Sochi seria no dia 25 de setembro, a 17ª do ano. Geralmente, nessa altura, o campeonato já vive momentos decisivos.

Também haverá um intervalo longo, de três semanas, entre as etapas da Itália (11 de setembro) e Singapura (2 de outubro). O hiato será pouco depois das tradicionais férias de verão. A Fórmula 1 para na Hungria, dia 31 de julho, e volta na Bélgica, em 28 de agosto.

O mundial de 2022 é liderado por Charles Leclerc, que tem 104 pontos. O atual campeão, Max Verstappen, aparece em segundo e principal concorrente com 85. A próxima etapa será na Espanha, no próximo domingo.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.