Conecte-se conosco

Brasil

5 empresas inovadoras fora do eixo Rio-SP

De acordo com o levantamento, entre Brasil, Chile, México, Colômbia, Argentina, Uruguai e Peru, o nosso país concentra 70% dos investimentos em startups

Publicado

em

Startups
(Foto: Reprodução)
Startups

(Foto: Reprodução)

O Brasil é líder absoluto quando falamos de ecossistema da inovação, se comparado a outros países da América Latina. É o que mostra um estudo realizado em setembro de 2021, pela startup Sling Hub – que reúne dados sobre inovação na América Latina. De acordo com o levantamento, entre Brasil, Chile, México, Colômbia, Argentina, Uruguai e Peru, o nosso país concentra 70% dos investimentos em startups e representa 77% do mercado.

E nesse imenso território brasileiro vemos cada vez mais companhias inovadoras, que nasceram fora de grandes centros como Faria Lima (São Paulo) e Leblon (Rio de Janeiro), ganharem o país todo e até o exterior, ofertando produtos e serviços que facilitam o dia a dia de empresas e consumidores com alta tecnologia. Listamos 5 delas que vale a pena conhecer:

Contabilizei

A Contabilizei – maior escritório de Contabilidade do país – nasceu em Curitiba, onde está localizado seu maior espaço físico com capacidade para 600 colaboradores. A empresa está no mercado desde 2013 e é a primeira a digitalizar os processos contábeis aliando tecnologia e atendimento humanizado. Com mais de 30 mil clientes, a Contabilizei proporciona abertura de empresas para profissionais autônomos, micro e pequenos empreendedores, contabilidade completa, gestão de tributos, além de organização financeira do negócio e assessoria especializada. Fundada pelo gaúcho Vitor Torres, a Contabilizei não para de crescer e ao longo da sua jornada já recebeu investimentos de importantes fundos como SoftBank, Kaszek e Goldman Sachs. Hoje, oferece seus serviços em mais de 50 municípios brasileiros e conta com 900 colaboradores em Curitiba e São Paulo, além  dos remotos em todo país.

Hubla

A Hubla – startup que fornece infraestrutura para que criadores de conteúdo possam criar e gerenciar comunidades em grupos de aplicativos de mensagem – foi fundada em Nova Lima, Minas Gerais, pela união de cinco jovens empreendedores: Arthur Alvarenga, Bernardo Reis, Breno Oliveira, João Alvarenga e Raphael Capelã. Desde então, a startup cresceu aceleradamente e no final de 2021 levantou R$ 60 milhões em Rodada Série A, investimento feito pelo grupo de capital ventures argentino, Kaszek, FJ Labs, Big Bets e Kevin Efrusy – um dos primeiros investidores do Facebook. Com objetivo de ser o principal aliado dos creators, auxiliando-os a monetizar seu negócio de forma escalável, a Hubla oferece toda infraestrutura para os influenciadores, como sistema de pagamentos, dashboard de dados financeiros, integrações com aplicativos de chat e até ferramentas para ajudá-los a vender suas comunidades como páginas de vendas. Hoje, conta com time e clientes em todo país – e até em Portugal – e escritório em São Paulo.

Mene & Portella

Fundada pelos sócios Túlio Mêne e Nilio Portella, em Manaus, no Amazonas, a Mene & Portella figura entre os maiores grupos de comunicação do Norte e Nordeste. Os sócios iniciaram o plano de expansão da empresa no segundo semestre de 2021 por meio da criação do seu fundo de Venture Capital, a Captall Ventures. O fundo busca fomentar o ecossistema de inovação no Brasil, acelerando startups com aportes Pré-Seed (primeira rodada de investimento) e EarlyStage (startups em estágio inicial de desenvolvimento) e já conta com cerca de 200 startups em seu portfólio, entre elas a 1Big Media e Trakto. Ainda no seu projeto de expansão, a companhia deve abrir ainda no primeiro semestre de 2022, escritórios físicos em Fortaleza e São Paulo.

Nelogica 

A Nelogica é uma investech que nasceu em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, há mais de 18 anos, com o objetivo de democratizar o mercado financeiro, devido ao alto custo para operar ações na época. A companhia iniciou os trabalhos com dois sócios, Marcos Boschetti e Fabiano Kerber, engenheiros da computação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e, atualmente, possui mais de 700 colaboradores em todo o Brasil. Com um dos produtos mais conhecidos pelo mundo trader, o Profit – que conta com mais de 1 milhão de usuários -, a Nelogica ampliou o seu escopo e desenvolveu o Vector, plataforma para operações em criptoativos, também presente em outros 90 países, além do Brasil. Recentemente a companhia anunciou a aquisição do Comdinheiro e a parceria com o BM&C News.

Trela 

Fundada em 2020 por Guilherme Nazareth, Guilherme Alvarenga e João Jönk, em Nova Lima-MG, a Trela é uma plataforma de comércio social que conecta grupos de pessoas a fornecedores, sem intermediários. Com a missão de criar um jeito mais eficiente e justo de comprar produtos do dia a dia, a empresa foca na desintermediação da cadeia de suprimentos, experiência de usuário, e otimização logística. A startup conta com alguns dos melhores investidores para ajudar a executar a sua visão: Y Combinator, Kaszek, General Catalyst, Simon Last e Pierpaolo Barbieri. Além disso, recebeu recentemente um dos maiores Série A da história, no valor de US$ 25 milhões, liderado pelo SoftBank. O time de tecnologia se encontra principalmente em Minas Gerais, mas a empresa também conta com escritório em São Paulo.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.