Brasil

A pedido da Justiça, advogado condenado por ter matado a esposa é solto

Eduardo de Oliveira Francisco tinha sido condenado em 1ª e 2ª instâncias

Por Redação Tupi

Cibelle de Paula Silveira foi morta com um tiro na cabeça. Foto: Reprodução Facebook

O advogado Eduardo de Oliveira Francisco foi solto, nessa terça-feira, após decisão do Superior Tribunal de Justiça. O homem estava preso desde o início do mês após ser condenado por mandar a matar a mulher, Cibelle de Paula Silveira, e simular um roubo. O crime aconteceu em 2015. O casal morava em Goiás.

Cibelle foi executada com um tiro na cabeça enquanto andava de bicicleta com o marido. A princípio, a investigação tinha o latrocínio (roubo seguido de morte) como principal hipótese. Apesar disso, laudos da perícia mostraram que a ciclista tinha sinais de espancamento. A partir daí, Eduardo passou a ser suspeito do crime.

As investigações prosseguiram e, em dezembro do mesmo ano, o advogado foi condenado a mais de 27 anos de prisão. Eduardo também foi julgado em 2ª instância, e mesmo assim o Tribunal de Justiça manteve a condenação dele, com pena de 25 anos de prisão em regime fechado.

A defesa de Eduardo recorreu ao STJ – Supremo Tribunal de Justiça – e conseguiu a soltura dele. Essa foi a terceira vez que ele foi solto desde a data do crime. De acordo com a defesa de Eduardo, feita pelo também advogado Anderson Van Gualberto de Mendonça, todas as solturas foram executadas pelo STJ.

 

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Novembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »