Brasil

Anistia Internacional sobre o pronunciamento do Presidente Bolsonaro: saúde e vida são direitos humanos básicos

O Estado Brasileiro tem a obrigação de garantir a proteção necessária a todos e todas nós, sem que ninguém seja deixado para trás

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Divulgação)

Em relação à pandemia de Covid-19 e o pronunciamento do Presidente Jair Bolsonaro em rede nacional na noite de terça-feira, a Anistia Internacional afirma:

Saúde e vida são direitos humanos. Enfrentamos o que já se configura como uma das maiores crises da história, com esses dois direitos tão básicos e preciosos para nós ameaçados.

As evidências científicas, as recomendações das autoridades sanitárias mundiais e os fatos mostram a gravidade da Covid-19 para a saúde e para os sistemas de saúde de todos os países.

Somos 220 milhões de brasileiros e brasileiras. Imagine se nos infectarmos e precisarmos correr aos hospitais ao mesmo tempo, como aconteceu nos países mais afetados? É isso que o os governantes brasileiros devem priorizar evitar agora.

Além disso, é dever adotar todas as medidas necessárias para garantir que todos e todas, incluindo os mais pobres, os moradores e moradoras de favela e periferias e as populações rurais, povos indígenas e comunidades quilombolas, pessoas em situação de rua, e outros grupos vulneráveis tenham condições de se proteger, com acesso à água, saneamento, segurança alimentar, segurança e renda.

O Estado Brasileiro tem a obrigação de garantir a proteção necessária a todos e todas nós, sem que ninguém seja deixado para trás.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
06 de Abril de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »