Brasil

Após soltura, delegado diz ser ‘muito difícil’ recapturar André do Rap

Alvará de soltura do traficante foi assinado por Marco Aurélio na sexta (9)

Por Redação Brasil

Foto: POLÍCIA FEDERAL/DIVULGAÇÃO

O delegado Fábio Pinheiro Lopes, que investiga o líder da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), André do Rap, acredita que será “muito difícil” conseguir prender novamente o criminoso. Declaração foi feita em entrevista à GloboNews.

“Para nós foi um banho de água fria porque ele tem duas condenações em 2ª instância. Ele estava condenado a 15 anos em uma e 10 em outra. Ele usa várias empresas de fachada. Então, pra conseguir capturá-lo de novo, nós vamos ter uma grande dificuldade. Ele tem um know how de receber a droga vinda da América do Sul e colocá-la na Europa”, disse o investigador.

Na última sexta-feira (9), o ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, assinou o alvará de soltura do traficante. André, que estava preso desde setembro de 2019, deixou o presídio na manhã de sábado (10) e seguiu de carro para o interior paulista, rumo a Maringá. A polícia acredita que ele tenha embarcado em um jato particular e voado rumo à Bolívia ou ao Paraguai.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »