Brasil

Bahia assina acordo para distribuir 50 milhões de doses da vacina russa Sputinik V

Com esse acordo, o Estado vai poder comercializar o imunizante em território nacional a partir de novembro, desde que a vacina passe pela aprovação dos órgãos reguladores do Brasil

Por Redação Tupi

(Divulgação: Sputinik V)

O Estado da Bahia e o Fundo de Investimentos Direitos da Rússia (RDIF) anunciou a assinatura do acordo para o fornecimento de até 50 milhões de doses da vacina ‘Sputinik V’, a primeira contra a covid-19 registrada no mundo. Com esse acordo, o Estado vai poder comercializar o imunizante em território nacional a partir de novembro, desde que a vacina passe pela aprovação dos órgãos reguladores do Brasil, por meio da Bahia-farma, uma fundação que atua na pesquisa científica e na produção e comércio de medicamentos.

O governador da Bahia, Rui Costa (PT) disse por meio das redes sociais que está celebrando a assinatura do acordo com a RDIF. “Acredito na ciência e estou confiante nos resultados. É mais um importante passo dado para salvar vidas humanas, mas ainda precisamos contar com o seu apoio. Evite aglomerações, #UseMáscara e não se esqueça de higienizar as mãos!”, escreveu.

Por meio de nota, o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Villas Boas, confirmou que o governo “está muito satisfeito com o acordo (…) e que garantirá o acesso à vacina Sputinik para o povo brasileiro, assim que for aprovado pelas autoridades regulatórias nacionais”.

Ainda em nota, a pasta falou sobre o fato de a vacina russa contra o coronavírus usar o adenovírus humano, “uma plataforma para o desenvolvimento de vacinas que tem se mostrada segura ao longo de décadas, incluindo 75 publicações científicas internacionais e mais de 250 ensaios clínicos”.

“Estamos felizes de fazer uma contribuição tão importante na luta contra a pandemia fornecendo a vacina Sputnik V, segura e eficaz, para nossos parceiros no Brasil”, disse o CEO do RDIF, Kirill Dmitriev.

O anúncio acontece dois dias depois que o RDIF anunciar a assinatura do contrato com a farmacêutica mexicana Landsteiner Scientific para 32 milhões de doses da Sputinik V. Além disso, o Paraná anunciou a assinatura do memorando de entendimento para testar e produzir a vacina russa em agosto. No total, Moscou já recebeu pedidos de 1 bilhão de doses da vacina.

 

Comentários

enquete

Fluminense tem chances de avançar na Libertadores?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
06 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »