Brasil

Bolsonaro não pretender ampliar auxílio emergencial

De acordo com presidente, serão oferecidas apenas três parcelas do benefício

Por Redação Tupi

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse, nesta segunda-feira (27), que, não pretende ampliar o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600, destinado a trabalhadores informais afetados  pela crise provocada pelo novo coronavírus.

De acordo com Bolsonaro, serão oferecidas apenas três parcelas do benefício e que não está prevista ampliação do auxílio, porque cada parcela totaliza cerca de 30 bilhões de reais ao cofres públicos.

O presidente também destacou que, se o governo tiver recursos, poderá estudar a possibilidade de destinar o auxílio para outras categorias. Na última semana, o Congresso aprovou projeto que estende o auxílio emergencial para outros grupos, como mães adolescentes. O benefício também seria pago em dobro para pais solteiros, mas Bolsonaro pode sancionar o texto integralmente, parcialmente ou vetar.

Comentários

enquete

Fluminense tem chances de avançar na Libertadores da América?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
12 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »