Brasil

Bolsonaro vai prorrogar por 2 anos desoneração da folha de pagamento

Ao falar da desoneração, o presidente lembrou que "emprego é alimentação"

Por Marcos Antonio de Jesus

Imagem da carteira profissional
(Foto: A reprodução / Câmara dos Deputados)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, em evento no Palácio do Planalto, que o governo decidiu desonerar a folha de pagamentos de 17 setores da economia brasileira por mais dois anos. O deputado federal Marcelo Freitas (PSL-MG) protocolou na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara um relatório favorável ao projeto de lei que prorroga a desoneração.

Esses 17 setores são os que mais empregam na economia brasileira. A desoneração venceria no fim deste ano. Bolsonaro anunciou a prorrogação após se reunir com representantes do setor produtivo, no Palácio do Planalto. Ele discursou durante o lançamento do programa de combate à fome. Ao falar da desoneração, o presidente lembrou que “emprego é alimentação”.

A desoneração da folha permite às empresas substituir a contribuição previdenciária, de 20% sobre os salários dos empregados, por uma alíquota sobre a receita bruta, que varia de 1% a 4,5%. Entre os 17 setores da economia que podem aderir a esse modelo estão: as indústrias têxtil, de calçados, máquinas e equipamentos e proteína animal, construção civil, comunicação e transporte rodoviário.

 



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Dezembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »