Brasil

Brumadinho: Vale é condenada pela primeira vez

A empresa teve a primeira condenação pelo rompimento da barragem

Por Redação Tupi

Os bombeiros estão no 160º dia de buscas a vítimas da tragédia. Foram encontrados 246 vítimas até o momento, sendo que outros 24 nomes ainda constam como desaparecidos
(Foto: Divulgação/PM)

A Justiça estadual de Minas Gerais condenou pela primeira vez a Vale pelo rompimento da barragem de Brumadinho. A empresa deverá reparar os danos causados pela tragédia da mina do Córrego do Feijão, em janeiro deste ano. O rompimento deixou 248 mortos e 22 desaparecidos. A Vale ainda pode recorrer da decisão.

Entretanto, a 6ª Vara de Fazenda Pública e Autarquias da capital, Elton Pupo Nogueira, não fixou o valor que a mineradora deve pagar, uma vez que os cálculos pelos danos ainda estão sendo feitos.

“Não se limita às mortes decorrentes do evento, pois afeta também o meio ambiente local e regional, além da atividade econômica exercida nas regiões atingidas”. Uma assessoria técnica foi contratada para trabalhar no levantamento do impacto”, disse o juiz.

O bloqueio de R$ 11 bilhões da mineradora continua, que já está sendo utilizado para o custeio da contratação da assessoria técnica e gastos que o estado tem tido nesses primeiros meses em trabalhos como o de buscas por vítimas. Já a Vale pediu a substituição integral do bloqueio em espécie, mas o juiz Elton Pupo argumentou que a empresa teve lucro no ano passado de R$ 25 bilhões e que o valor bloqueado equivale à metade de apenas de um ano de atividade, não impedindo o desempenho econômico da mineradora.

Comentários
enquete

Mulheres administram melhor o dinheiro do que os homens?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »