Brasil

Cacique Aritana Yawalapiti morre aos 71 anos, vítima da Covid-19

Aritana era um dos mais antigos e respeitados líderes da região do alto Xingu

Por Redação Tupi

Aritana era um dos mais antigos e respeitados líderes da região do alto Xingu
(Foto: Reprodução)

O cacique Aritana Yawalapiti, uma das principais lideranças indígenas do Alto Xingu, faleceu nesta quarta-feira (05), aos 71 anos, vítima da Covid-19. Desde o dia 21 de julho, Aritana estava internado no Hospital São Francisco, em Goiânia, capital de Goiás. A informação da morte foi confirmada para imprensa por familiares.

Ao apresentar os primeiros sintomas da Covid-19, Aritana Yawalapiti ficou isolado na casa de um familiar, recebendo cuidados médicos. No entanto, após o quadro de saúde de agravar, entre os dias 19 e 20 de julho, foi internado em estado grave em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de Canarana, município a 838 km de Cuiabá. No dia seguinte, foi transferido para um hospital de maior infraestrutura em Goiás.

Cacique desde os 19 anos, Aritana assumiu a liderança do Alto Xingu por volta de 1980. Desde então, ele foi reconhecido pelo papel na luta em defesa dos povos indígenas, principalmente pela preservação das terras já conquistadas.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »