Conecte-se conosco

Brasil

Carrefour anuncia fim de terceirização do serviço de segurança

Segundo o comunicado, a internalização dos serviços segurança será realizada de forma gradual, começando pelos quatro hipermercados no Rio Grande do Sul

Publicado

em

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

O Carrefour anunciou, nesta sexta-feira (4), o fim da terceirização dos serviços de segurança nos supermercados do grupo. A decisão foi tomada por sugestão do Comitê Externo e Independente criado pela rede para analisar medidas preventivas após o assassinato de João Alberto Freitas, homem negro de 40 anos, espancado até a morte por dois seguranças na filial do grupo em Porto Alegre, no dia 19 de novembro.

Segundo o comunicado, a internalização dos serviços segurança será realizada de forma gradual, começando pelos quatro hipermercados no Rio Grande do Sul.

O Grupo é investigado pela Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos de Porto Alegre e pelo Ministério Público Federal (MPF) por práticas relacionadas à fiscalização de serviços de segurança contratados e também sobre as medidas para o enfrentamento de ações racistas e discriminatórias. Na Justiça, o conglomerado também responderá uma ação civil pública que pede indenização de R$ 200 milhões por danos morais coletivos e sociais.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *