Brasil

Carrefour fecha loja onde homem foi espancado até a morte no Rio Grande do Sul

João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, deixa a mulher e filhos

Por Redação Tupi

Foto: (Reprodução)

Após o assassinato de João Freitas, de 40 anos, o Carrefour anunciou o fechamento da unidade do bairro Passo D’Areia, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, onde o caso aconteceu. João, que é negro, morreu após ter sido espancado, na última quinta-feira (18), na porta do supermercado por dois seguranças.

Os acusados foram presos e indiciados por homicídio qualificado. O caso gerou protestos no Brasil. No Rio de Janeiro, a unidade do Carrefour na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, fechou após manifestantes protestarem de forma pacífica pela morte do soldador.

Em São Paulo, a Marcha da Consciência Negra deste ano, na capital paulista, foi puxada pelo sentimento de revolta pelo caso e acabou com a depredação de uma loja do Carrefour, na Rua Pamplona, uma das áreas mais nobres da cidade. Em outras Capitais, as pessoas também foram às ruas para pedir por justiça e pelo fim do racismo. João Alberto Silveira Freitas deixa a mulher e filhos.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »